You are currently viewing Gestão da Informação no Transporte Rodoviário de Cargas (TRC)

Gestão da Informação no Transporte Rodoviário de Cargas (TRC)

Nunca em toda a história da humanidade foram obtidas tantas informações como nos dias atuais, com uma base de dados incomensuráveis a serem consumidas “on time”, ou seja,  em tempo real.

Informações em Tempo Real

 

                 A informação  na forma como possuímos hoje só foi possível graças ao advento da tecnologia e principalmente da  internet que nos proporcionou salvar e “garimpar” dados em tempo real e no momento desejado, se obervarmos  um passado não muito distante por volta do século XV, Gutenberg inventará a “Imprensa Tipográfica”  que para a época fora uma revolução no que tange à informação.

Hoje, diferente da época de Gutemberg possuímos uma gama incomensurável de informações, mas só teremos proveito desta gama de informação se houver cruzamento destas através de um BI “Business Intelligence”, o que nos proporciona visões diferenciadas sobre um determinado prisma.

Diante deste cenário devemos nos perguntar, como estamos trabalhando com esta gama de dados? 

Para nós que somos da logística devemos usufruir de tudo que esta a nosso favor, e dentre eles se encontra a “informação”,  atualmente no TRC é quase que obrigatório um transportador possuir diversos sistemas para a gestão de seu negócio  e dentre eles se encontra o tão conhecido sistema de Gestão (ERP e TMS).

Se observarmos apenas estes Sistemas ERP | TMS“,  possuímos informações divesas  que cruzadas poderemos trabalhar de forma direta e propor melhorias na Gestão Empresarial da Transportadora ou Operador Logístico.

 

Gerir Informações e Aumentar Produtividade e Qualidade nos Serviços

Possuir informações é apenas um detalhe, agora trabalhar com a mesma garantirá aos empresários tomadas de decisões agéis, antecipação aos problemas e redução de custo nas operações

Assim sendo, os empresários do segmento possuem em suas mãos uma vasta informação de dados, seja eles oriundos de: (TMS  | ERP | Rastreadores | Controle de Jornadas | Sistemas de Abastecimentos | entre outros).

Mas como fazer para estes dados serem consumidos de forma inteligente e segura?

São “n” as possiblidades de cruzamento, no entanto aqui não caberá fazer juízo de valor de um sistema (A ou B) de um Sistema de Business Intelligence, mas apenas dizer que devemos cruzar todas as informações possíveis e imaginárias e entregar a melhor estratégia para as empresas tomarem decisões rápidas, ágeis e com segurança.

Dessa forma, o empresário além de proporcionar aumento na rentabilidade com estratégias eficazes e redução de custos com segurança e qualidade, ele terá em suas  mãos a “Verdadeira Inteligência de Negócio” unindo “Informação” e o tão chamado “feeling” que só o empresário possui em seus negócios.

Mauro Reis

De formação acadêmica em Tecnologia da Informação virou um entusiasta e apaixonado por logística, com vários MBA e Especialização na área, nos últimos 20 anos seu foco foi trabalhar em Logística de Transportes, gerenciando projetos de Tecnologia da Informação e Logística, em empresas de Médio e Grande Porte com sedes no Brasil e América do Sul (Argentina, Paraguai e Chile). Nos últimos 10 anos fundou a ITLoger Soluções em Logística e Tecnologia da Informação, empresa que ajuda seus clientes a aumentarem seus Lucros através de Gestão e Alinhamento de Processos.

Deixe um comentário